Fatores de risco


Má circulação sanguínea x Coração



Os vasos sanguíneos são responsáveis por encaminhar sangue, oxigênio e nutrientes a todos os tecidos e órgãos do corpo. É muito importante que o fluxo desses elementos seja favorecido por vasos em boas condições. Em casos de entupimento ou rompimento, as consequências podem ser desde pequenos inchaços até mesmo um infarto, dependendo de onde o vaso afetado esteja localizado.

Entre os problemas causados pela má circulação estão: dormências, câimbras, varizes, trombose e aterosclerose. Os dois últimos podem ser considerados mais graves para o coração, pois quando atingem algum vaso que o irrigue, ocasionam a interrupção do fluxo sanguíneo para esse órgão.

ateroma gordura artéria

Representação de uma placa de gordura no interior da parede da artéria.

A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica, caracterizada pela formação de ateromas (placas) que, dependendo de sua dimensão, podem obstruir completamente o vaso sanguíneo. Um importante fato a ser observado é que uma das causas da aterosclerose são os altos índices de colesterol ruim (LDL) no sangue, visto que os ateromas são constituídos por lipídios (gordura) e tecido fibroso. Outras possíveis causas da doença são: hipertensão, diabetes, sedentarismo, tabagismo e hereditariedade, além da idade avançada.

Já a formação de trombos (coágulos) no sangue, caracteriza a trombose, que pode culminar na inflamação e obstrução do vaso sanguíneo, sendo ocasionada por varizes, longos períodos sem se movimentar, desequilíbrio hormonal, tabagismo, colesterol elevado, entre outros. Os sintomas da trombose podem ou não ser apresentados em forma de dores, inchaço, vermelhidão e aumento da temperatura das pernas. Em casos mais graves, pode ocorrer ulceração da pele, pois o oxigênio e nutrientes não são enviados aos tecidos.

O tratamento adequado em casos de aterosclerose ou trombose será designado pelo médico. Dependendo da situação, o especialista pode indicar desde terapias com medicamentos até uma cirurgia para restituir a circulação que está comprometida.

Duas medidas muito importantes para a prevenção da trombose e aterosclerose são: praticar exercícios regularmente, a fim de manter o corpo sempre em movimento e evitar alimentos gordurosos, para combater as altas taxas de colesterol no sangue. Além disso, não fumar é uma indicação que serve para todos os aspectos da saúde, bem como a boa circulação sanguínea.